Pular para o conteúdo principal

Iogurteiras - precisa, qual e quanto?


Entããão, pessoas! Para minha surpresa a iogurteira fez sucesso e eu resolvi deixar gravado aqui todas as minhas impressões sobre esse aparelho simples e funcional. Vou fazer uma resenha da minha experiência e se vocês decidirem comprar uma, já conseguem tomar uma decisão melhor.

Primeiro:

    •Precisa de iogurteira para fazer iogurte? 

        A resposta é não. Pois dá perfeitamente para fazer o iogurte em casa sem iogurteira.

    •Então, o que a iogurteira faz?

        Ela mantém a temperatura ideal durante todo o tempo de preparo. A minha, por exemplo, não tem um botão sequer. Nem timer. Só liga na tomada.

    •Qual a melhor? 

        Eu não tenho experiência com outras marcas. Mas, é só dar um Google que a gente logo percebe algumas vantagens e desvantagens e eu listei algumas diferenças importantes para te ajudar:
▪︎manual ou elétrica
▪︎timer
▪︎desligamento automático
▪︎mostrar/controlar temperatura
▪︎ter potinhos individuais ou ter um recipiente único, geralmente de 1 ou 1,5 litros
▪︎acompanhar utensílios: espátulas, #dessorador
▪︎ser bivolt
▪︎tamanho e praticidade de uso também é fundamental
eeeee, lógico
▪︎preço! O preço é um divisor de águas


Por isso mesmo não dá (e nem posso) indicar uma marca, pois depende das suas necessidades e exigências. Eu super me adaptei com a minha simplinha da silva. Maaas, vou listar algumas opções para vocês procurarem e ficarem à vontade para escolher:

  • @canalshoptime, 127v ou 220v, não é bivolt, com 6 potes individuais de 150ml, R$89,99 aqui

  • @cadence_brasil, bivolt, com 5 potes individuais de 250ml, de R$99,90 a R$105,44, menor preço aqui


  • @tupperwarebrasil, manual, com potes individuais NÃO encontrei no catálogo nacional•

  • @topthermoficial, manual, com dessorador, faz até 2 litros de iogurte, acompanha 5 fermentos da marca, R$354,00 aqui

  • @cuisinart, elétrica, 110v, agrega função sorveteira, com temporizadorProduto descontinuado•
E outras tantas importadas!

Conclusão

Ter uma iogurteira não é fundamental, mas ajuda bastante no processo, minimizando erros e desperdícios em tentativas frustradas já que a manutenção da temperatura é o ponto alto da receita. Das opções que temos no mercado nacional, eu indico o modo elétrico. A opção de ter ou não potes individuais é completamente pessoal e, por experiência própria, não dificulta em nada ter um só recipiente. A minha é a versão antiga Fun kitchen da Shoptime, que por algum acaso é o mesmo modelo da Izumi. Portaaanto, o fator decisivo mesmo será o valor que você tem para investimento

Comentários