Pular para o conteúdo principal

Nutrição e imunidade - uma pergunta

Você me perguntou sobre alimentos que aumentam a imunidade e eu vim te responder bem do meu jeito: to-dos!

Mas como assim, né? 
Não é novidade se eu te falar que a Nutrição é um conjunto de fatores e que cada pessoa é uma pessoa e blá,blá blá... Não é a resposta que nosso cérebro quer ouvir, pelo menos. A gente quer mesmo é a resposta como uma receita de medicação, né non?

Pois eu te digo: comer bem, se alimentar com alimentos da natureza, da terra, carregados de nutrientes fresco e biodisponíveis (ou seja, facilitados para absorção) vai ajudar seu sistema imunológico a ter matéria-prima boa para formar e recrutar células de defesas quando precisar.

E aqui a gente tem 2 pontos importantes: absorção e "quando precisar".
Nenhum alimento vai ser bom o suficiente se a sua mucosa intestinal não estiver íntegra. E o que faz ela íntegra? Ter matéria-prima boa para formar moléculas, células e tecidos. E o que desintegra? Um processo de danificação recorrente, crônico. Ou seja, um processo inflamatório que o seu corpo precisa estar sempre se defendendo. É isso que a gente tem que evitar!

Comer bem significa também ter uma relação boa com a comida. Ah, e nessa relação entra tanta coisa importante! Como, por exemplo, o equilíbrio que leva a tão falada "dieta balanceada". Nosso corpo, até que provem o contrário, precisa de carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas, minerais e água para se constituir. Água! A boa e velha água é fun-da-men-tal.

Agora, se você me pedir uma orientação de doses potentes em antioxidantes, eu posso listar alguns, sim:
Cúrcuma
Chá de Alho, limão e gengibre
Mel, própolis
Prebióticos
Frutas vermelhas
Folhas verdes
Cítricos
e por aí vai...

E lembre-se: nenhum desses alimentos vai ser o salvador da pátria sozinho. Eles são uma oferta imediata de antioxidantes presentes nos alimentos. Faça bom uso.

Comentários